O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é uma das provas mais importantes para os estudantes brasileiros que desejam ingressar em universidades públicas ou privadas. Além de avaliar o desempenho nas áreas de Ciências Humanas, Ciências da Natureza, Matemática e Linguagens, o Enem também possui uma redação dissertativa-argumentativa, que pode ser decisiva na nota final do candidato.

Para se sair bem na redação do Enem, é preciso ter um bom conhecimento sobre as habilidades e competências que são avaliadas pelos corretores. Além disso, é importante estar bem informado sobre as atualidades e ter uma boa estruturação do texto.

Uma das apostas para a redação do Enem 2019 é a discussão sobre os desafios da educação no Brasil e como superá-los. Outros temas que podem ser abordados são a tecnologia e suas consequências na sociedade, a questão ambiental e o papel das redes sociais no mundo atual.

Para se preparar para a prova, é fundamental treinar a escrita e a leitura, além de investir em cursinhos preparatórios e fazer simulados. Durante a elaboração do texto, é importante manter a coerência e a coesão, utilizar argumentos relevantes e sustentá-los com exemplos concretos.

A estruturação do texto também é um ponto crucial para a nota final. A redação do Enem deve ser composta por uma introdução, que apresenta o tema; um desenvolvimento, que desenvolve os argumentos; e uma conclusão, que sintetiza as ideias e propõe soluções para o problema abordado.

Em resumo, a redação do Enem 2019 demanda habilidades e competências como domínio da língua portuguesa, capacidade argumentativa, senso crítico, atualidade, estruturação textual e coerência. Saber apostar em possíveis temas e estar bem preparado para a prova pode fazer a diferença na hora de conquistar uma boa nota e, consequentemente, uma vaga na universidade.